Vídeos interessantes sobre Autismo.

Loading...

domingo, 29 de abril de 2012

Depoimento de Maria Daniela, mãe do Kauã "Autista" ( Daniela Bolzan)



Olá! Meu nome é Daniela, tenho 30 anos, estou me formando em contabilidade e vou falar sobre meu tesouro e querido filho Kauã. Ele tem 4 anos e 5 meses, foi diagnosticado como autista leve aos 2 anos e meio.Nesse tempo eu não sabia o que era autismo,eu percebia algumas manias que ele tinha, mas não imaginava que seria autismo.

Quando ele tinha por volta de 1 ano e meio começamos a perceber um atraso em seu desenvolvimento. Seu comportamento era diferente em relação a de seus priminhos da mesma idade.Ele não entendia os gestos simples como: vem cá,dar tchau,chamar,direcionar um não com a cabeça,fingia-se de surdo,tinha muitas crises de risos de madrugada,amava ver algum objeto rodopiando,balançava muito as mãozinhas quando estava alegre,não gostava de barulhos,sua interação com outras crianças ainda é muito pouca.

“Ele ganhou uma vez um velocípede e por incrível que pareça ele virou o brinquedo de cabeça para baixo e começou a girar suas rodas durante um bom tempo balançando as mãozinhas e pulando...”

Minha gravidez foi bastante conturbada, tive infecção renal, uma bactéria muito resistente nos rins e corria o risco de o bebê ter problemas. Meu ginecologista na época passou um antibiótico muito forte e no momento em que ele prescrevia na receita, ele baixou a cabeça por uns minutos e foi naquele momento que fiquei muito preocupada com meu bebê.



“MAS DEUS É TREMENDO, POIS ME DEU UM FILHO PERFEITO”



            Certo dia fomos para casa dos meus pais e levei o Kauã.Meu tio quando o viu comentou e perguntou se ele não era autista.AUTISTA?Perguntei para ele... Eu nunca ouvi falar sobre isso!A partir daquele momento comecei a pesquisar na internet, ler tudo sobre autismo, assisti um filme chamado “Meu filho meu mundo”. Quando vi esse filme levei um choque, chorei muito, ao me deparar com muitas características do autismo e quase todos coincidiam com alguns comportamentos do meu Kauã.

            Comecei minha batalha, procurei um especialista “Neuropediatra”, que diagnosticou na mesma hora o autismo. Procurei outros profissionais, pois não queria ficar somente com um diagnóstico, pois estava em jogo a vida de meu filho. Todos foram unânimes: exames todos normais e o diagnóstico: o mesmo.

            Ele fez todos os tipos de exames: ressonância, BERA, tomografia e todos graças a DEUS, sem nenhum problema.



O KAUÃ HOJE...





Com 4 anos e 5 meses, está muito mais esperto. Frequenta escola regular que inclusive ele tem tido um desenvolvimento incrível, melhorou na interação social. Devo agradecer a todas as tias que estiveram com ele todo esse tempo e também a sua escola por ter aberto as portas para a inclusão social.

           
Consegui tratamento para ele no Espaço Trate...Um lugar especialmente para autistas...






Lá ele é acompanhado por várias especialistas como: Fonoaudióloga, Terapeuta ocupacional, Psicóloga, Nutricionista. Estou muito feliz com as evoluções de meu filho, apesar dele ainda apresentar algumas estereotipias, ainda está tirando as fraudas, ainda não fala tudo “somente Mama e Papa”. Falo “ainda” porque eu tenho a certeza que ele é capaz de conseguir essa vitória! Eu sei,é um processo lento,mas sei que teremos muitas conquistas!Pois acredito no potencial desses profissionais que estão acompanhando Kauã nesta fase de seu desenvolvimento!Muito obrigada a todos!

            Como passo o dia inteiro fora de casa trabalhando, quem cuida dele é minha sogra (uma pessoa muito especial) sempre me ajudou desde quando ele nasceu. Sou muito grata a ela por tudo!!

            Tenho esperanças que meu filho consiga superar todas as dificuldades e peço a Deus todos os dias mais paciência e serenidade, pois sei que é preciso para se lidar com ele. Penso que se Deus mandou o Kauã para nossas vidas é porque nos temos sim competência e capacidade para amá-lo e cuidar dele.

            Às vezes me sinto muito mal por ter que ir trabalhar passar o dia todo longe dele... Às vezes choro e penso nele a todo instante...

            É difícil, é duro, mas o amor que tenho pelo meu filho é imensuravelmente maior que tudo!

Agradeço a Deus todos os dias por meu filho!Percebi o quando a vida tem valor a partir do momento em que ele chegou em minha vida.


Agradeço o espaço para falar, desabafar e trocar idéias. Estou a disposição para novas amizades, tirar dúvidas, trocar experiências...

Beijos para todos que leram este depoimento!!

Meu e-mail para contato: danninha_25@hotmail.com
________________________________________________


Meus sinceros agradecimentos à Maria Daniela por ter compartilhado um pouquinho de sua trajetória com todo carinho e amor. Que Deus ilumine voces e dê sempre saúde, força e felicidade...
Obrigada mesmo......
Daniela Bolzan
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, é muito importante saber sua opinião! Espero que este artigo tenha causado algo positivo em seu coração. Obrigada!